REDES SOCIAIS

Conciliar economiza o dinheiro e o tempo da sua empresa

Conciliar economiza o dinheiro e o tempo da sua empresa
17 jul 2018 POR: Cecilia Queiroz

Em tempos de política econômica incerta, economizar dinheiro é uma das principais ordens internas de todas as empresas.  Todas as chefias e departamentos se veem diante da equação que manda cortar custos e aumentar produtividade. Sem falar de todas as outras frases de efeito que costumam ser ditas com o único objetivo de fechar a torneira do desperdício e de minimizar as possíveis surpresas de gastos extras. Além de tudo é preciso enfrentar o desafio de trazer, de maneira criativa, novos valores para a caixa registradora.

Uma das saídas para economizar, evitar o desperdício de tempo, de recursos e ainda trazer possíveis ganhos para a empresa é conciliar. O uso sistemático da CONCILIAÇÃO gera bons resultados. Já ouviu falar dessa ferramenta?

 

Onde usar a conciliação

 

A Conciliação vem sendo usada pela Justiça brasileira desde 2010 com a edição da Resolução 125 do Conselho Nacional de Justiça. É importante notar que ela é uma ferramenta ágil, que ajuda a empresa a realizar cobrança de ativos, negociar pontos de discórdia com clientes, fornecedores e banco

Muitas empresas têm problemas para cobrar contas. Também enfrentam discussões com fornecedores ou com seus bancos.  E muitas vezes se deparam com resistências internas provocadas por funcionários mais antigos. A Conciliação é perfeita para resolver esses e outros problemas que desviam o seu foco de oferecer o melhor produto, o serviço mais eficiente e vender com lucro.

Uma Conciliação bem feita diminui as despesas com brigas judiciais, taxas e juízes decidindo o futuro da empresa. Ela pode ser feita apenas com a orientação do Conciliador – profissional neutro na disputa, que irá ajudar as partes envolvidas (empresa e fornecedores, empresa e cliente, empresa e banco, empresa e terceiros) a conversarem sobre o problema. O acordo firmado será homologado por um juiz e, caso as partes desejem, podem ser acompanhadas por seus advogados.

 

Vantagens da conciliação

 

O debate sobre os prós e contras, culpados e inocentes leva, na maioria das vezes, a um consenso e a um acordo. O mais importante é que esse não é um  “acordo de boca”. O que for combinado será homologado por um juiz e terá força judicial se não for cumprido. Essa é a maneira mais rápida, barata e eficiente de colocar um fim à questão de maneira infinitamente mais econômica e com menos estresse.

Pense nisso: já não é mais necessário bater na porta do Judiciário para resolver seus problemas. Da próxima vez que sua empresa pensar em brigar, experimente usar a Conciliação.


Faça um comentário

Seu feedback é valioso para nós. O seu email não será publicado.

SIGA-NOS
MAIS ACESSADOS
Em Destaque